Gizmodo



espaço

A sonda espacial Cassini, da NASA, está fazendo seus passeios a milhões de quilômetros de distância, totalmente alheia ao caos da Terra. Depois de 20 anos se aproximando e explorando o sistema de Saturno, no dia 15 de setembro, a Cassini irá mergulhar na atmosfera do planeta, transmitindo toda a cena como se estivéssemos assistindo uma belíssima e emocionante sequência de O Gigante de Ferro.

• Por que ainda não sabemos quanto dura um dia em Saturno
• A lua Titã, de Saturno, pode ter o ponto de aterrissagem perfeito para espaçonaves

A sonda irá começar suas cinco voltas finais ao redor de Saturno no dia 14 de agosto, tornando o início do sem fim algo muito mais real. Ainda assim, haverá muito o que se ver durante esses últimos passeios entre o planeta e seus anéis – de acordo com a NASA, a Cassini vai pegar ventos da atmosfera de Saturno, ficando entre 1.630 and 1.710 quilômetros acima do topo das nuvens do planeta. Nessas altitudes, a atmosfera tende a ficar tão densa que a sonda terá que utilizar o seus propulsores para manter a estabilidade. Dependendo de quanto ar de Saturno a Cassini encontrar, a NASA pode decidir empurrá-la um pouco mais para baixo, ou aumentar sua órbita, por segurança.

Assim como fez devidamente no passado, a Cassini estudará as auroras e os vórtex hexagonais do Pólo Norte de Saturno – desde vez, com uma proximidade e detalhes inéditos.

“Conforme ela fizer esses cinco passeios finais em Saturno, seguido de seu mergulho final, será a primeira sonda atmosférica de Saturno”, disse Linda Spilker, cientista de projetos da Cassini no Jet Propulsion Laboratory (JPL) da NASA, em um comunicado à imprensa. “Tem sido um objetivo a longo prazo na exploração planetária enviar uma sonda dedicada para a atmosfera de Saturno, e estamos preparando o terreno para a futuras explorações, a partir dessa primeira incursão”.

Embora a vida de Cassini esteja chegando ao fim, ela ainda tem muito o que fazer antes de partir. Pelo menos, a sonda ainda pode nos ajudar a resolver o mistério sobre quanto tempo dura um dia em Saturno. Não existe nenhuma espaçonave melhor para enfrentar esse problema e outras tantas questões inquietantes, se não esta que tem estado de olho em Saturno por mais de uma década.

[NASA]

Imagem do topo: NASA






VOLTAR AO TOPO