Gizmodo



aviação

Trocar a revista de bordo Hemisphere por uma opção com com papel mais leve fez a companhia aérea United Airlines economizar 28,34 gramas por unidade no avião. Na prática, isso representou uma economia de 170 mil galões de combustível no período de um ano, segundo reporta o LA Times, citando “uma mensagem interna distribuída entre funcionários”. De acordo com o jornal, com este peso menor a empresa deixou de gastar US$ 290 mil em um ano — quantia suficiente para pagar pelo menos alguns pilotos:

A companhia opera com 744 aviões de tamanhos variados, e que carregam entre 50 e 366 passageiros. Um 737 típico permite levar 179 passageiros, a redução significaria cerca de cerca de 5 kg por voo.

De acordo com a publicação, a interrupção de venda de itens sem impostos no voo, como “perfumes, chocolates e bebidas alcoólicas” ajudou a economizar 1,4 milhão de galões de combustível anualmente, o que representa cerca de US$ 2,3 milhões. Provavelmente, isso também significa que a United deixou de ganhar US$ 2,3 milhões ao vender itens no voo ou calculou que ao permitir que os passageiros peguem os itens ao chegarem no local, não afetaria significantemente suas receitas.

Voo de Nova York para Londres chega uma hora antes do previsto e bate recorde
O que tem dentro da caixa preta de um avião?

O LA Times informa que revistas mais leves ainda pesam quase 194 gramas por cópia, então a publicação Hemisphere está perdendo algum dinheiro também, pois pode significar menos anunciantes. Estas são medidas extremamente pequenas para uma companhia com valor de mercado bilionário, porém cada centavo conta nestes casos.

Economizar é importante. Ainda que a United Airlines seja aquela companhia que expulsou um passageiro que se recusou a dar lugar para um funcionário da companhia, e que recentemente começou a implementar assentos menores em suas aeronaves. Então, talvez nós deveríamos pensar duas vezes antes de elogiar a engenhosidade econômica da empresa, ainda que eles continuem pensando em novas ideias.

[L.A. Times]

Foto do topo por Pixabay




VOLTAR AO TOPO