Gizmodo



Apple

Imagine você sendo um engenheiro da Apple, uma das posições mais cobiçadas no mundo da tecnologia. Além disso, você está envolvido em um projeto ultrassecreto da divisão de carros autônomos da empresa. Aí, você estraga tudo ao ir para uma startup na China e roubando segredos comerciais e os levando consigo. Isso é o que as autoridades acreditam que um homem fez na semana passada, e agora ele está sendo acusado por entidades federais dos EUA.

Este carro sabe exatamente a hora que o semáforo vai abrir
Tesla Model 3 estabelece recorde de distância com uma só carga, mas agora não quer recarregar

De acordo com o Mercury News, Xioplang Zhang foi acusado na segunda-feira (9) na Corte Distrital do Norte da Califórnia. Ele supostamente tentou transferir segredos comerciais da Apple para seu novo empregador, a Xmotors, uma startup chinesa que está trabalhando em veículos elétricos sem motorista. Zhang foi detido no último sábado (7), quando tentava embarcar em um avião com destino a Pequim.

Além da intriga corporativa, o caso de Zhang chama atenção pois a Apple nunca fala sobre o que está acontecendo em sua divisão de carros autônomos. A essa altura, a companhia pode estar trabalhando em um sistema operacional para carros em vez de fazer completamente um carro autônomo — quem sabe, né? Aparentemente, Zhang sabe.

A queixa criminal ainda não está disponível online, mas o Mercury News noticia que Zhang começou a trabalhar na Apple em 2015 como um engenheiro de hardware e teve “grande acesso a bases de dados internas confidenciais”. Ele saiu de licença paternidade em abril e, quando retornou, disse ao seu supervisor que iria trabalhar na XMotors. Após devolver seu smartphone e seu computador corporativo, a Apple deu uma olhada na atividade de download dos seus dispositivos e descobriu que ele estava coletando dados confidenciais com uma frequência suspeita.

Zhang supostamente admitiu para a Apple que entrou nos laboratórios de hardware e software da empresa enquanto estava em licença paternidade e que transferiu documentos confidenciais para o computador de sua esposa. Quando entrevistado por investigadores em 27 de junho, ele confessou que tinha obtido documentos da Apple, conforme noticia o Mercury News.

A XMotors é uma empresa relativamente desconhecida. Eles dizem que levantaram dinheiro da Alibaba, Foxconn e da IDG Capital. Eles mostraram um veículo elétrico na CES deste ano que era para ser lançado entre março e maio, mas parece que não cumpriram o prometido. O site da companhia conta apenas com o slogan deles: “Singularidade iminente”.

Pedimos que a Apple comentasse o caso, mas não recebemos uma resposta imediata. Um porta-voz disse ao Mercury News: “Estamos trabalhando com as autoridades sobre esse assunto e faremos o possível para assegurar que esta pessoa e outras envolvidas sejam responsabilizadas por suas ações”. No comunicado, a companhia não chegou nem a incluir o termo “carro autônomo”.

[Mercury News via VentureBeat]

Imagem do topo: Getty Images




VOLTAR AO TOPO