Gizmodo



google

O Google Tradutor pode nos salvar de vez em quando, principalmente quando estamos viajando em um país em que não dominamos o idioma. Este jornalista espanhol que o diga. O problema é quando estamos sem conexão, bate o desespero.

• Google vai trazer melhores momentos e responder suas dúvidas de futebol durante a Copa do Mundo
• Versão mais leve do Android estreia no Brasil com smartphones a partir de R$ 399

Porém, o Google anunciou que a sua ferramenta de tradução vai ficar mais esperta, mesmo quando estivermos offline. O aplicativo irá integrar a tecnologia de tradução neural por máquina (NMT, na sigla em inglês), que funcionará em 59 línguas diferentes – cada idioma offline ocupa cerca de 45 MB no armazenamento.

De acordo com a companhia, essa tecnologia leva em consideração todo o contexto da frase, em vez de traduzir palavra por palavra – assim, as traduções ficam mais precisas e naturais. A ferramenta offline não oferece os mesmos resultados se comparada com a online, mas já é um grande avanço se comparado com a versão original:

Da esquerda para direita: tradução usando Phrase-Based Machine Translation (PBMT) no dispositivo, tradução usando Neutral Machine Translation (NMT) no dispositivo e NMT Online

A novidade começará a chegar para os usuários a partir da próxima semana, tanto no Android quanto no iOS – quase a tempo da Copa do Mundo na Rússia.

[Google]




VOLTAR AO TOPO