Descobriu-se que é possível criar a mesma substância pela qual dois russos ganharam o prêmio Nobel usando aquele açúcar na sua cozinha. Pegue uma xícara e vá fazer a substância mais dura do mundo. Não, não o bolo da sua mãe. Grafeno.

Pesquisadores da Universidade Rice, em Houston, Texas (EUA) são responsáveis por fazer essa descoberta surpreendente, que poderia reduzir emissões de gases de efeito estufa e economizar dinheiro também. Nós já sabemos que o grafeno – átomos de carbono organizados em hexágonos bidimensionais ligados uns aos outros – é a substância mais dura (e mais fina) conhecida pelo homem, e o mais importante: pode conduzir eletricidade. Então ele poderia, no futuro, substituir o cobre e o silício – e se for feito de açúcar comum, então essa substância fica ainda mais doce. [Reuters]


VOLTAR AO TOPO