Gizmodo



Apple

Por que seu iPhone fica cada vez mais lento com o passar do tempo

Por:

19 de dezembro de 2017 às 10:59

COMPARTILHE 2090 0

As pessoas reclamam bastante sobre a queda de performance dos iPhones mais velhos, um problema que geralmente é atribuído às atualizações de softwares da Apple. Na semana passada, uma publicação no Reddit sugeriu que a causa para a queda de desempenho poderia estar relacionada com uma limitação nos celulares com baterias desgastadas.

O assunto acabou inspirando o pessoal do Geekbench, um teste de benchmark sintético muito utilizado, a dar uma olhada mais de perto nos dados recolhidos de milhares de iPhones que utilizam seu app. Os dados, segundo a empresa, indicam que realmente pode existir uma ligação entre as atualizações de software e baterias antigas para a queda de performance.

Depois de analisar os números de benchmark de modelos do iPhone 6s que rodam diferentes versões do iOS, o time do Geekbench observou que embora as pontuações fossem consistentemente maiores nos aparelhos rodando iOS 10.2, existiam alguns picos naqueles que estavam rodando iOS 10.2.1 e 11.2. A conclusão foi a de que um ajuste de software introduz uma limitação no processador quando a bateria de um iPhone fica desgastada. A Apple acaba limitando a performance para diminuir o consumo energético e, portanto, previne que a bateria seja consumida rapidamente.

O conjunto de pontuações de benchmark abaixo de 2.500 ao rodar o iOS 10.2.1 sugere que a atualização de software da Apple causou uma queda na performance do celular se comparado com o iOS 10.2. (Crédito: Geekbench)

O Geekbench também testou os resultados de performance de modelos do iPhone 7 rodando o iOS 10.2, 10.2.1, iOS 11.1.2 e iOS 11.2 e encontrou resultados similares, que mostravam conjuntos abaixo da performance média enquanto os aparelhos se tornavam mais velhos e suas baterias diminuíam de capacidade.

O time do Geekbench diz que “a diferença entre o 10.2.0 e 10.2.1 é muito abrupta para ser apenas uma função de condição de bateria”, o que eles atribuem a mudanças específicas no iOS entre as versões 10.2 e 10.2.1.

John Poole, fundador da empresa Primate Labs que é responsável pelo desenvolvimento do Geekbench, finalizou dizendo que esse comportamento é problemático porque resulta numa queda de performance sem que seja explicado ao usuário. Entramos em contato com a Apple e atualizaremos a publicação se obtivermos retorno.

Essas teorias sempre circular nessa época do ano, quando a Apple lança grandes atualizações de software e, por outro lado, testes de um outra empresa de benchmark, a Futuremark, contradizem os resultados da Geekbench. Para mim, tudo isso destaca as dificuldades que surgem com celulares que possuem baterias que são difíceis de serem substituídas.

[Geekbench]

Imagem do topo: Sam Rutherford/Gizmodo




VOLTAR AO TOPO