Gizmodo



BlackBerry

O novo BlackBerry Motion abandona o teclado físico

Por:

9 de outubro de 2017 às 11:28

COMPARTILHE 0

A BlackBerry pôs um fim ao seu longo sofrimento de hardware e parou de fabricar novos celulares em 2016, optando por se dirigir inteiramente ao setor de softwares. Ainda assim, a marca BlackBerry continua funcionando na forma de uma parceria com a empresa chinesa TCL, que neste ano lançou o BlackBerry KeyOne, um telefone retrô moderadamente bem-sucedido que manteve o cada vez mais obsoleto teclado físico.

• [Hands-on] Este é o BlackBerry KeyONE, e é questão de tempo até não lembrarmos dele
• Por que estes celulares e smartphones “revolucionários” fracassaram tão terrivelmente

Agora, temos o sucessor do KeyOne, o BlackBerry Motion, que largou a nostalgia pela tela touchscreen, que basicamente todo mundo quer e espera em celulares em 2017. Segundo o Android Central e o Verge, o Motion foi oficialmente anunciado na GITEX Technology Week, em Dubai, no domingo (8), e suas especificações incluem uma tela de 5,5 polegadas, um processador Snapdragon 625 SoC, 4GB de RAM, 32GB de armazenamento interno e uma generosa bateria de 4.000 mAh.

Ele também tem preço moderado, ao menos em comparações com monstruosidades para as nossas carteiras, como o iPhone X, de US$ 1.000. O Motion sai por US$ 460 (R$ 1.453 na cotação atual).

No entanto, o novo dispositivo não vai chegar imediatamente aos Estados Unidos ou outro lugar diretamente com esse preço. De acordo com o Android Central, o BlackBerry Motion só estará disponível em “mercados seletos”, mais especificamente “mercados do Oriente Médio, como os Emirados Árabes e a Arábia Saudita”. O TCL é um fabricante econômico e quer que o Motion mostre que o KeyOne não foi um produto único, mas, sim, o começo de uma linha para atrair mais clientes corporativos.

[Android Central/The Verge]

Imagem do topo: BlackBerry Mobile




VOLTAR AO TOPO