Gizmodo



casa

Will.i.am pode em breve estar comandando a sua casa inteligente

Por:

28 de julho de 2017 às 18:35

COMPARTILHE 29 0

Will.i.am teve dificuldades para entrar no mercado de tecnologia. Em seu mais recente empreendimento, ele está apostando no jogo da casa inteligente. O que pode dar errado?

• O problema das casas inteligentes
• O Amazon Echo Show é a melhor máquina inteligente/burra da minha casa

A falta de sorte do inovador e músico Will.i.am no mundo dos gadgets sempre se deu pelo fato de ele sempre estar à frente do seu tempo. Um dia chegará a hora de suas ideias fracassadas. Enquanto pessoas como Musk e Zuckerberg discutem se a revolução da inteligência artificial é um perigo, Will.i.am tem nos avisado que precisamos parar e pensar antes de imprimir um ser humano em 3D. Você pensou nisso? Não. Ele estava pensando nisso, bem antes de você.

Entre os gadgets de Will.i.am que não decolaram, ele lançou: um case de iPhone de US$ 315 que tinha seu próprio aplicativo chamado i.am+foto.sosho, um relógio inteligente que era na verdade uma algema inteligente que você usava duas ao mesmo tempo e, mais recentemente, fones de ouvido de ponta que parecem dois receptores da Tenente Uhura. Em 2016, ele lançou outro relógio inteligente que tinha uma mensalidade de US$ 28 para algum tipo de serviço que não tinha aplicativos. “O último paradigma foi a coisa dos aplicativos”, disse ele na época. E ele estava certo. E ainda é.

Isso tudo são águas passadas, e Will está sempre no futuro. O futuro são casas inteligentes. Esperamos que o ano de 2017 seja “o ano da casa inteligente”, e um relatório recente estima que a tecnologia tenha um crescimento anual de 13,61% até 2023. A companhia de Will.i.am, a i.am+, anunciou nesta sexta-feira (28) que adquiriu o desenvolvedor de casas inteligentes Wink, e juntos eles vão controlar tudo na sua casa. Eles não têm muito para compartilhar com a gente:

Nossas equipes estão em processo de se juntar para moldar nosso futuro roteiro, e não podemos esperar para compartilhar o que estamos trabalhando.

Enquanto isso, saiba que o seu aplicativo Wink e o Wink Hub continuarão a operar exatamente como têm operado. A aquisição não altera nada em relação à experiência do usuário Wink.

Se a experiência do Gizmodo com o Wink for indicação de alguma coisa, a transição não seria tão perceptível, porque o nosso Wink Hub foi bloqueado por um update de segurança.

Mas tudo bem. Will.i.am está aqui pra colocar um + a mais no seu Wink e resolver o problema. Aqui vai uma lista de problemas que os fabricantes de casas inteligentes enfrentaram no passado que Will.i.am precisa resolver:

1. As fechaduras inteligentes hackeadas da Samsung.
2. A invasão completa das casas Isteon, incluindo a possibilidade do roubo de informações pessoais.
3. Descoberta de que as câmeras do Google Nest podem ser facilmente desligadas por um comando de Bluetooth.
4. Hackers instalaram o primeiro ransomware em um termostato inteligente.
5. Os detectores de fumaça do Nest Labs são facilmente desligados com um simples gesto.

Poderíamos continuar, mas não tem necessidade, Will vai resolver. Mesmo que você jamais compre um dispositivo Wink, você ainda pode se beneficiar dessa nova empreitada. Em 2016, um grande botnet usou dispositivos de “internet das coisas” sem muita segurança para lançar um ataque DDoS em sevidores Dyn e brevemente derrubou grande parte da internet. E, agora, existem mais dispositivos i.am+ que podem criar esse ambiente de novo. Lindo.

Imagem do topo: Marvel




VOLTAR AO TOPO