Gizmodo



clima

O furacão Florence, que se formou Atlântico, chegou no sudeste nos Estados Unidos e tocou o estado da Carolina do Norte na manhã desta sexta-feira (14). Ele foi rebaixado à categoria 1, mas ainda assim deve provocar enchentes terríveis e fortes tempestades na região.

• Fotos mostram a destruição causada pelo furacão Matthew no Caribe
• Imagens incríveis da NASA mostram cicatrizes das florestas de Porto Rico depois do furacão Maria

Para dar dimensão do quão catastrófica podem ser essas enchentes, o canal de televisão The Weather Channel preparou uma visualização em realidade mista, que foi apresentada nesta quinta-feira (13). A equipe do canal preparou um cenário virtual em que os meteorologistas Greg Postel e Ericka Navarro são cercados pela água e ilustra como seria estar no meio da tempestade.

A previsão dos meteorologistas mostra que a enchente poderia chegar a quase três metros de altura em algumas regiões. O número assusta, mas as imagens da água, dos carros flutuando e a comparação em relação à paisagem e aos apresentadores são bem mais aterrorizantes.

Os gráficos em realidade mista foram criados em parceria com a empresa de realidade aumentada The Future Group, que utiliza a Unreal Engine – uma plataforma de desenvolvimento de games bem popular, presente em jogos como Street Fighter V, Fortnite e A Way Out.

O pessoal da Poynter explicou que, em vez de criar os efeitos e renderizá-lo na pós-produção, a tecnologia permitiu que os efeitos fossem processados em tempo real.

De acordo com informações do Centro Nacional de Furacões (NHC, em inglês), o Florence atingiu os Estados Unidos às 8h15 (horário de Brasília) perto de Wrightsville Beach e com ventos de até 150 km/h. A tempestade deve ser a mais forte a atingir a região em 3 décadas.

[The Verge]




VOLTAR AO TOPO